Lisboa – Pelas curvas da cidade | Olivier Perrin

Lisboa – Pelas curvas da cidade
Olivier Perrin

(For english scroll down)
(Para aceder ao evento, clique sob o logo | To access the event, click on the logo)

A Lisbon Gallery já foi galeria itinerante, em parceria com o Lusitano Clube, agora é também loja e inaugura, dia 6 de dezembro, uma nova exposição de fotografia dedicada a Lisboa. O francês Olivier Perrin foi o fotógrafo escolhido para a primeira exposição da Lisbon Gallery no seu novo espaço, na Rua Dona Estefânia, em Lisboa, onde antes se situava a livraria Leituria. Lisboa – Pelas curvas da cidade é o nome da exposição, com quarenta imagens a preto e branco da cidade.
A exposição tem a sua inauguração, com a presença do fotógrafo, na sexta-feira dia 6 de dezembro, a partir das 18:00. Um beberete será servido.
No sábado, dia 14 de dezembro, entre as 15:00 e as 18:00, haverá uma visita guiada por Olivier Perrin e degustação de Champagne Landragin & Barbier e aperitivos Veganesh.
A exposição fica patente até dia 16 de janeiro e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9:30 às 18:30. Nos sábados 7, 14 e 21 de Dezembro, também poderá ser visitada no mesmo horário.

O fotógrafo sobre si mesmo
«Desde 2004, gosto de fotografar Lisboa como uma paisagem geométrica, uma estrutura moldada pela relação entre o espaço natural (as colinas, o rio) e a arquitetura da cidade.
A luz característica e o emaranhado de edifícios antigos e modernos de Lisboa tornam cada passeio fotográfico numa nova procura de emoção, beleza e sobretudo de prazer.» – Olivier Perrin

O galerista sobre a exposição
«Ao enquadrar as suas fotografias sobre escadas, janelas, pontes, bancos, calçadas, partes de edifícios, Olivier Perrin mostra-nos uma Lisboa insólita, feita de linhas geométricas, de curvas, de ângulos, de volumes. Uma cidade calma, silenciosa, mineral, muito construída e ao mesmo tempo muito pouco povoada, às vezes deserta. Longe de multidões que saem do metro ou dos grupos de turistas que pululam pela Baixa, a Lisboa deste fotógrafo parece a cidade ideal para satisfazer “les rêveries d’um promeneur solitaire”.» – JFD

Lisbon Gallery convida à (re)descoberta da beleza da cidade através de fotografias, com o compromisso de disponibilizar imagens de qualidade a preços acessíveis.

Para saber mais sobre o fotógrafo, visite www.perrinolivier.com ou a página @perrinolivier, no Instagram.


Lisboa – Pelas curvas da cidade
Olivier Perrin

Lisbon Gallery, once a travelling gallery in partnership with Lusitano Clube, is now also a store and, on the 6th of December, premieres a new photography exhibition dedicated to the city of Lisbon. Olivier Perrin, the French photographer, was chosen to debut Lisbon Gallerie’s new space, in Rua Dona Estefânia, where the bookshop Leituria used to be located.
The exhibit is called Lisboa – pelas curvas da cidade and consists of 40 black and white photographies.
It premieres, with the presence of the photographer, on Friday the 6th of December, at 6 p.m.. Drinks will be served.
On Saturday, December 14th’s, between 3 and 6 p.m., Olivier Perrin will conduct a guided tour of the exhibit. Champagne Landragin & Barbier and Veganesh apetizers will also be served
The exhibit can be visited until the 16th of January, Monday through Friday from 9:30 a.m. to 6:30 p.m.. On the Saturday’s the 7th, 14th and 21st of December, it can be visited on the same schedule.

The photographer about himself
«Since 2004 I have been photographing Lisbon as a geometric landscape, a structure shaped by the connection between the natural space (the hills, the river) and the city’s architecture.
Lisbon’s light and the intricate layout of it’s buildings – both old and new – make each photographic excursion a search for emotion beauty and most of all – a pleasure.» – Olivier Perrin

The gallery owner on the exhibit
«Choosing stairs, windows, bridges, benches, cobblestones and building details as the subject of his photographs, Olivier Perrin shows us an uncanny Lisbon, made of geometric lines, curves, angles and volumes. A quiet, silent, mineral, both intricately built and densely unpopulated, sometimes deserted. This photographer’s portrayal of the city, far from showing us subway crowds or groups of tourists swarming Lisbon’s downtown, make it seem the ideal scenery to fulfill “les rêveries dun promeneur solitaire”.» – JFD

Lisbon Gallery invites you to (re)discover the city’s beauty through photographs, and is committed to provide quality works at available prices.

To learn more about the photographer, visit www.perriolivier.com or @perrinolivier, on Instagram.